Neyma sensibiliza mães e crianças sobre a vacina contra o sarampo e rubéola

Neyma sensibiliza mães e crianças sobre a vacina contra o sarampo e rubéola

“Como mãe de dois filhos, estou tão feliz por as minhas crianças terem crescido saudáveis até agora. Eu quero e desejo isso para todas as crianças em Nampula e Zambézia e em todo o país. Nenhuma mãe deve viver com essa dor desnecessária e terrível de perder um filho por causa de doenças evitáveis”

Claudio Fauvrelle
Partilhar

MAPUTO, Moçambique, 17 de Abril de 2018 - Neyma, Embaixadora do Fundo das Nações Unidas para a Infância (UNICEF) em Moçambique desde 2014, esteve três dias na Província de Nampula (9-11 de Abril) e um dia na Província da Zambézia (13 de Abril) no âmbito da Campanha Nacional de Vacinação contra o Sarampo e Rubéola.

Nesse período, a Embaixadora Neyma visitou algumas Unidades Sanitárias na cidade de Nampula, no Distrito de Ribaué, Província de Nampula e no Distrito de Mocuba, na Zambézia. Durante a sua estadia nos locais mencionados teve a oportunidade de falar directamente com várias mães e ajudá-las na vacinação de seus filhos. Além disso, ela participou na sensibilização das mães e crianças sobre a importância desta vacina combinada para crianças entre os seis meses e 14 anos de idade.

A Campanha de Vacinação contra o Sarampo e Rubéola é liderada pelo Ministério da Saúde da República de Moçambique.

Em Nampula foram vacinadas cerca de três milhões e setecentas mil crianças

Tanto em Nampula como em Quelimane (Zambézia), a Embaixadora Nacional do UNICEF foi recebida pelos respectivos Directores Provinciais de Saúde, Dra. Munira Abudou e Dr. Hidayat Kassim. Eles deram as boas vindas e mostraram-se bastante satisfeitos com a participação da cantora e o seu compromisso em advogar pela saúde e bem-estar das crianças.

A Dra. Munira Abudou realçou que a campanha em Nampula, teve bastante adesão e decorreu conforme planeado, tendo-se vacinado cerca de três milhões e setecentas mil crianças. Em Nampula, o Centro de Saúde 25 de Setembro foi o primeiro a ser visitado, seguido pelo Centro de Saúde 1º  de Maio e a Unidade Sanitária de Muhala onde a recepção foi bastante calorosa, acompanhada de canto e dança.

No Distrito do Ribaué, a Embaixadora Neyma foi recebida pelo Director Distrital de Saúde, Dr. Januário o qual acompanhou a Embaixadora na visita ao Centro de Saúde de Ribaué, Centro de Saúde de Iapala/Monapo e à Escola Primária Completa de Namiconha. Aqui as crianças ouviram atentamente os conselhos da Embaixadora sobre a importância desta vacina para a sua saúde.

Em Quelimane, o Dr. Hidayat Kassim salientou o facto de as campanhas serem bastante positivas, uma vez que a população começa a perceber que a saúde é importante para todos. “Até ao terceiro dia já havia sido atingida mais de metade (52%) da meta prevista, que era cerca de dois milhões e duzentas mil crianças” disse o Dr. Kassim.

Em Mocuba, constatou-se que a população já estava informada e muitas crianças locais já haviam sido vacinadas, nos primeiros três dias. A meta de Mocuba, apenas, era de 190 mil crianças, tendo a Embaixadora Neyma visitado o Centro de Saúde-Sede, a Escola Primária Completa Bairro de Lugela e o Mercado de Maçanica, onde afluíram muitas mães acompanhando suas crianças para a vacinação.

O ser humano nasceu para ser cuidado e viver com saúde

Neyma disse sentir-se bastante grata por estar a participar numa campanha tão significativa para a saúde e bem-estar das nossas crianças. Ela observou ainda a necessidade de que a família, o Estado e a sociedade tomem conta das crianças. “Como mãe de dois filhos, estou tão feliz por as minhas crianças terem crescido saudáveis até agora. Eu quero e desejo isso para todas as crianças em Nampula e Zambézia e em todo o país. Nenhuma mãe deve viver com essa dor desnecessária e terrível de perder um filho por causa de doenças evitáveis”, disse Neyma.

"O ser humano nasceu para ser cuidado e viver com saúde", afirmou, por fim, a Embaixadora do UNICEF. “Criança vacinada, é criança saudável”.

A Neyma irá continuar colaborar com o UNICEF na área da nutrição, com foco no aleitamento materno, na prevenção da malária, no desenvolvimento na primeira infância e no combate aos casamentos prematuros, com o compromisso de contribuir para um Moçambique melhor para as crianças.

Para mais informações, favor contactar:

Claudio Fauvrelle
Tel +258 21 481 100
email: cfauvrelle@unicef.org

Subscrever ao boletim

vacinação

Doar

As crianças de Moçambique precisam da sua ajuda. Chegou a sua vez de ajudar. Faça uma doação.

PARTILHAR

Partilha esta informação com teu amigos e familiares, e vamos ajudar mais pessoas a ficarem juntos pelas crianças de Moçambique.

NOSSO TRABALHO

Aprenda mais sobre o trabalho do UNICEF em Moçambique.