Mais de 500 milhões de crianças "incontáveis" vivem em países incapazes de medir o progresso dos Objectivos de Desenvolvimento Sustentável

Mais de 500 milhões de crianças "incontáveis" vivem em países incapazes de medir o progresso dos Objectivos de Desenvolvimento Sustentável

Os últimos dados sobre o progresso no desenvolvimento para as crianças mostram que mais de 500 milhões de crianças vivem em países onde os ODS estão rapidamente a tornar-se inatingíveis.

Claudio Fauvrelle
Partilhar

Objectivos de Desenvolvimento SustentávelNOVA IORQUE – Uma avaliação antecipada do progresso no alcance dos Objectivos de Desenvolvimento Sustentável (ODS) confirma uma alarmante falta de dados em 64 países, bem como um progresso insuficiente nos ODS em outros 37 países onde os dados podem ser m,onitorizados.

O relatório do Fundo das Nações Unidas para a Infância (UNICEF),  Progresso para as Crianças na Era dos ODS (Progress for Children in the SDG Era), é o primeiro relatório temático que avalia o desempenho para atingir as metas globais dos ODS que dizem respeito a crianças e jovens. O relatório alerta que 520 milhões de crianças vivem em países que carecem completamente de dados em pelo menos dois terços dos indicadores dos ODS relacionados com as crianças, ou que não possuem dados suficientes para avaliar o seu progresso - tornando essas crianças efectivamente “incontáveis”.

Onde estão disponíveis dados suficientes, a escala do desafio lançado pelas metas dos ODS continua a ser assustadora. O relatório alerta que 650 milhões de crianças vivem em países onde pelo menos dois terços dos ODS estão fora do alcance se não existir um progresso acelerado. Na verdade, nesses países, o número de crianças a enfrentar dificuldades poderá ser ainda maior até 2030 do que até agora.

“Mais de metade das crianças do mundo vive em países onde não podemos acompanhar o progresso dos ODS ou onde podendo estes não estão lamentavelmente disponíveis para monitorizar”, disse a Senhora Laurence Chandy, Directora do UNICEF para a Divisão de Dados, Pesquisa e Política. “O mundo deve renovar o seu compromisso para alcançar os ODS, começando por renovar o seu compromisso em medi-los”.

Há dois anos atrás, o mundo concordou com uma agenda ambiciosa para dar a cada criança a melhor oportunidade de vida, com análises de dados inovadoras para orientar o caminho

O relatório acompanha o progresso em cinco dimensões dos direitos das crianças: saúde, aprendizagem, protecção contra a violência e a exploração, um ambiente seguro e igualdade de oportunidades. O relatório quantifica o quão longe dos objectivos globais é expectável que o mundo fique, medido em custos humanos.

As projecções mostram que, entre agora e 2030:

  • Mais 10 milhões de crianças poderão morrer de causas evitáveis ​​antes do seu quinto aniversário;
  • Mais 31 milhões de crianças poderão ser mais baixas em relação a idade devido à falta de nutrição adequada;
  • Mais 22 milhões de crianças poderão perder o ensino pré-primário;
  • Mais 150 milhões de raparigas casarão antes dos 18 anos de idade;
  • Mais 670 milhões de pessoas, muitas delas crianças, ainda não terão acesso a água potável básica.

“Há dois anos atrás, o mundo concordou com uma agenda ambiciosa para dar a cada criança a melhor oportunidade de vida, com análises de dados inovadoras para orientar o caminho”, disse a Sra. Chandy. “E, no entanto, o que o nosso relatório abrangente sobre o progresso dos ODS para crianças revela claramente é uma falta de dados absurda. A maioria dos países não dispõe de informações mesmo para avaliar se estão ou não no caminho certo ou não. As crianças de todo o mundo contam connosco – e nós nem as conseguimos contar a todas elas.”

O relatório apela a esforços renovados para enfrentar a deficiência global de dados, ao mesmo tempo que reconhece que instituições de estatísticas nacionais fortes e capacidade de dados levam tempo e investimentos para desenvolver. O relatório identifica três pilares para realizar este trabalho:

  • Adoptar medidas fortes em sistemas de prestação de serviços, seja na saúde ou educação, serviços sociais ou controlo de fronteiras;
  • Esforços sistemáticos e coordenados para garantir que todos os países tenham cobertura mínima de dados sobre crianças, independentemente dos seus recursos e capacidades;
  • Estabelecer normas comuns mais fortes sobre os dados relativos às crianças, incluindo abordagens comuns para medir as ameaças emergentes que as crianças enfrentam, capturar populações infantis desaparecidas e partilhar dados para permitir que as crianças vulneráveis ​​sejam identificadas de forma mais eficaz, protegendo a privacidade das crianças.

Embora cada governo seja responsável por gerar os dados que orientarão e medirão a realização dos objectivos, a comunidade internacional tem a obrigação de se associar a eles para garantir que as metas dos ODS são atingidas.

Para mais informações, favor contactar:

Claudio Fauvrelle
Tel +258 21 481 100
email: cfauvrelle@unicef.org

Subscrever ao boletim

Objectivos de Desenvolvimento Sustentável

Doar

As crianças de Moçambique precisam da sua ajuda. Chegou a sua vez de ajudar. Faça uma doação.

PARTILHAR

Partilha esta informação com teu amigos e familiares, e vamos ajudar mais pessoas a ficarem juntos pelas crianças de Moçambique.

NOSSO TRABALHO

Aprenda mais sobre o trabalho do UNICEF em Moçambique.