Inauguração da fábrica de Alimento Terapêutico Pronto para Uso (ATPU)

Intervenção da Sra Leila Pakkala Representante do UNICEF em Moçambique.

Claudio Fauvrelle
Partilhar
  • Sua Excelência, Dr. Paulo Ivo Garrido, Ministro da Saúde
  • Sua Excelência, Sr. Maurício Vieira, Governador da Província de Sofala
  • Prezado Senhor Bernard Kayitano, Gestor da fábrica da JAM (Joint Aid Management)
  • Colegas do Sistema das Nações Unidas
  • Minhas Senhoras e meus Senhores

Sinto-me muito honrada em presenciar a inauguração da primeira fábrica de alimento terapêutico pronto para uso, também conhecido como ATPU ou Plumpy’nut, em Moçambique.

A abertura desta nova unidade de produção constitui um marco importante nos esforços conjugados para o combate à desnutrição no país. Este empreendimento é particularmente importante para Moçambique devido à desnutrição, tanto crónica como aguda, que ainda é um grande desafio para o desenvolvimento nacional.

O Seminário Nacional sobre nutrição, que teve lugar recentemente em Maputo, para definir estratégias para a redução da desnutrição crónica e obter um consenso nacional para um plano de acção multisectorial, demonstrou o grande compromisso de reduzir as taxas prevalecentes de desnutrição em Moçambique.

Neste contexto, a disponibilidade de alimento terapêutico produzido localmente irá ajudar a expansão de intervenções nutricionais integradas em todo o país, especificamente o tratamento ambulatório da desnutrição aguda grave. Sabemos, através de vários estudos, que este tratamento facilita a adesão ao tratamento, reduz a carga (“burden”) para as unidades sanitárias e reduz a mortalidade nas crianças tratadas. Em Moçambique, este tratamento já esta sendo implementado em todas as províncias.

A par do tratamento atempado, segue sendo importante o diagnóstico precoce, através dos trabalhadores comunitários, e a referência para o tratamento.

Além dos benefícios evidentes para as crianças Moçambicanas, esta fábrica é mais uma alavanca da economia local e estímulo para os especialistas nacionais. Esperamos que a médio e longo prazo, se verifique a exportação deste produto nacional a mercados de outros países da região.

A inauguração deste empreendimento é também um exemplo tangível e muito concreto sobre o que o sector privado e o sector público podem alcançar quando trabalham juntos, renovando a importância de uma abordagem multi-sectorial para dar uma resposta acelerada na prevenção e combate à desnutrição crónica.

Na senda de assistência a iniciativas em curso no país coordenadas pelo MISAU, a família das Nações Unidas, em geral, e o UNICEF em particular, irá continuar a trabalhar com todos os parceiros no apoio aos esforços visando as melhores respostas no sector de nutrição, incluindo, como um exemplo desse apoio, a realização de um estudo de viabilidade sobre alimentos fortificados.

Aproveitamos esta oportunidade para endereçar uma calorosa saudação a todos os que até aqui têm trabalhado arduamente para garantir a realização desta iniciativa sob a liderança do Ministério da Saúde.

Muito obrigada a todos!

Para mais informações, favor contactar:

Gabriel Pereira
Tel +25821481100
email: maputo@unicef.org

Subscrever ao boletim

Alimento Terapêutico

Doar

As crianças de Moçambique precisam da sua ajuda. Chegou a sua vez de ajudar. Faça uma doação.

PARTILHAR

Partilha esta informação com teu amigos e familiares, e vamos ajudar mais pessoas a ficarem juntos pelas crianças de Moçambique.

NOSSO TRABALHO

Aprenda mais sobre o trabalho do UNICEF em Moçambique.