Estou feliz por saber que os meus gémeos estão bem de saúde

O Governo de Moçambique através do Ministério de Saúde com o apoio do Fundo das Nações Unidas para a Infância (UNICEF) com fundos do Departamento do Governo Britânico para o Desenvolvimento (DFID) está a responder à emergência de seca.

Claudio Fauvrelle
Partilhar
Estou feliz por saber que os meus gémeos estão bem de saúde
“Estou feliz por saber que os meus gémeos estão bem de saúde, sobretudo no que se refere à situação nutricional,” diz Maria com um sorriso.

Cahora Bassa, Moçambique - O Distrito de Cahora Bassa, localiza-se a 140 quilómetros da capital de Tete, e alberga a Hidroeléctrica de Cahora Bassa na vila de Songo, que abastece a energia para Moçambique e para os países vizinhos como Maláui, Zimbabué e África do Sul.

A comunidade de Carangache localiza-se na localidade de Chitima, no Distrito de Cahora Bassa, e é uma das comunidades que fica distante dos Centros de Saúde, sendo o mais próximo localizado a 50 quilómetros. As brigadas móveis têm ajudado na prestação de serviços integrados de saúde (nutrição, planeamento familiar, vacinação, entre outros) em áreas remotas mais atingidas pela seca na Província de Tete.

Na última visita da brigada móvel conhecemos Maria Khembo, mãe de quatro (4) crianças. “Eu sou mãe de quatro crianças, e hoje vim saber o estado de saúde do Alberto e Albertino que são gémeos de 2 meses. Aqui em Carangache, nós as mães, fazemos questão de trazer as nossas crianças para as campanhas de vacinação e à triagem nutricional,” diz Maria.

Maria também tem aprendido como alimentar as suas crianças. “Através das brigadas móveis, tenho recebido palestras sobre o aleitamento materno exclusivo.”

aurinda da Conceição Sardinha, nutricionista distrital.
“Os grandes desafios na resposta à desnutrição aguda resultam da escassez de comida, devido à seca, e à prevalência de maus hábitos alimentares”, explica Laurinda da Conceição Sardinha, nutricionista distrital.

O Governo de Moçambique através do Ministério de Saúde com o apoio do Fundo das Nações Unidas para a Infância (UNICEF) com fundos do Departamento do Governo Britânico para o Desenvolvimento (DFID) está a responder à emergência de seca. Os produtos terapêuticos (leites terapêuticos e Alimentos Terapêuticos Prontos-para-Uso (ATPU)) estão sendo administrados à crianças com desnutrição aguda moderada e grave em oito dos distritos mais vulneráveis ​​da Província de Tete.

“Ao nível do Distrito temos cerca de 800 crianças com desnutrição aguda moderada. Os grandes desafios na resposta à desnutrição aguda resultam da escassez de comida, devido à seca, e à prevalência de maus hábitos alimentares”, explicou Laurinda da Conceição Sardinha, nutricionista distrital.

“Estou feliz por saber que os meus gémeos estão bem de saúde, sobretudo no que se refere à situação nutricional,” diz Maria com um sorriso.



Para mais informações, favor contactar:

Claudio Fauvrelle
Tel +258 21 481 100
email: cfauvrelle@unicef.org

Artigos Relacionados

BRIGADAS MÓVEIS DE NUTRIÇÃO AJUDAM POVOADOS SEM ACESSO A UNIDADES SANITÁRIAS

Ler mais

SALVANDO VIDAS DE CRIANÇAS COM DESNUTRIÇÃO EM MOÇAMBIQUE

Ler mais

Subscrever ao boletim

nutrição

Doar

As crianças de Moçambique precisam da sua ajuda. Chegou a sua vez de ajudar. Faça uma doação.

PARTILHAR

Partilha esta informação com teu amigos e familiares, e vamos ajudar mais pessoas a ficarem juntos pelas crianças de Moçambique.

NOSSO TRABALHO

Aprenda mais sobre o trabalho do UNICEF em Moçambique.