ENGLISH VERSION

unicef moçambique
Relatório Anual
2016

Reforçar a Resiliência.

Tenho o prazer de partilhar convosco o Relatório Anual de 2016, que é apresentado através de histórias de moçambicanos. Cada uma das nossas áreas do programa é apresentada por crianças que participam como produtoras de rádio de criança para criança, um programa vibrante da Rádio Moçambique, que beneficia do apoio do UNICEF e envolve cerca de 1.600 crianças repórteres por todo o país.

unicef mozambique annual report 2016

Também terão a oportunidade de ouvir histórias de algumas das mulheres e crianças mais vulneráveis – órfãos, crianças de zonas rurais remotas e de zonas urbanas pobres. Por exemplo, terão a ocasião de ouvir as vozes de uma mãe que perdeu os seus filhos e que tinha uma gravidez de alto risco e uma mãe que vive com o HIV e que recentemente levou o seu bebé para fazer o teste do HIV (felizmente, à semelhança da maior parte dos bebés cujas mães aderem ao programa de prevenção da transmissão vertical do HIV, o resultado do teste do bebé foi negativo HIV). Também ouvirão a voz de uma mãe que agora pode desfrutar de água canalizada em casa pela primeira vez; mães que aprenderam a tratar dos filhos desnutridos; uma criança vítima de violência sexual que está determinada a estudar; uma rapariga que voltou à escola depois de uma gravidez precoce; e crianças de algumas das famílias mais pobres que estão a ser ajudadas a ter acesso aos seus direitos básicos.

Poderão ouvir como foram apoiados ao longo do ano transacto, muitas vezes por moçambicanos da sua comunidade com o apoio do Governo, do UNICEF e de outros parceiros.

Um aspecto importante é que irão ouvir como estas mães e os seus filhos se tornaram mais resilientes e estão mais motivados para confrontar e ultrapassar os enormes desafios com que se deparam. As suas histórias são contadas no contexto da realidade em Moçambique, onde apesar dos progressos registados desde 1990, a recente crise da dívida, problemas de segurança e a seca pressionaram muitas famílias que ainda se debatem pelo acesso a serviços essenciais, nomeadamente cuidados de saúde, água, saneamento e higiene, assim como educação. As crianças das zonas rurais e em zonas urbanas pobres são particularmente vulneráveis, e no entanto não estão a desistir; com o apoio vital que recebem, estão motivadas a lutar por um futuro melhor. Devemos continuar a ajudá-las neste esforço.

- Marcoluigi Corsi, Representante do UNICEF em Moçambique

SAÚDE

unicef mozambique 2016 annual report

Há seis meses, Belamina Judite, uma agente polivalente elementar, recebeu uma chamada telefónica de emergência de António Manuel. A esposa deste, Hortência, está grávida de gémeos e entrou em trabalho de parto antes de conseguir chegar ao hospital.

NUTRIÇÃO

unicef mozambique 2016 annual report

Raquel Meque, de 19 anos, mãe de uma menina de 4 anos e de um menino de 1 mês, percebe como a desnutrição é perigosa. Ela lembra como no ano passado a sua filha, Vina, adoeceu e as pernas começaram a inchar.

HIV

hiv aids mozambique

No ano passado, Isabel, mãe de seis filhos, tinha sido preparada para mais uma espera longa e ansiosa para conhecer o estado serológico do seu bebé, Tomás. Ela lembra-se como em 2007 tinham sido necessários três meses até o resultado do teste do HIV.

ASH

water sanitation hygiene mozambique

No ano passado, Verónica Nhamassa, de 25 anos, teve água canalizada em casa pela primeira vez na sua vida. Ela vive com o marido e a filha de 19 meses, Eulisia, numa casa de um quarto na zona peri-urbana de Jangamo, em Inhambane, província árida do sul do país.

EDUCAÇÃO

education in mozambique

Jeni Tito, de 14 anos, disse que tinha dificuldades em frequentar a escola de estômago vazio e sem uniforme e material escolar. Por isso, no ano passado quando começou uma relação com um rapaz e engravidou decidiu abandonar a escola.

PROTECÇÃO DA CRIANÇA

child protection unicef mozambique

O rosto de Fátima ilumina-se com um sorriso encantador quando cumprimenta Raquel, um pseudónimo usado pela psicóloga que está a fazer uma visita a Fátima na sua nova casa, no centro da capital moçambicana, Maputo.

COMUNICAÇÃO, ADVOCACIA, PARTICIPAÇÃO E PARCERIAS

Communication, Advocacy, Participation & Partnerships in mozambique

António, de 43 anos, pai de seis filhos, não precisou de encorajamento para falar sobre a sua experiência ao vivo na rádio desde que não tivesse que revelar o seu nome verdadeiro. “Queria contar a minha história para que os outros possam aprender do meu erro,” diz ele.

POLÍTICA SOCIAL, PLANIFICAÇÃO, INFORMAÇÃO E MONITORIA

child protection unicef mozambique

Existe compaixão na casa rural de Julieta Lavuleque, uma viúva de 58 anos. Ela cuida dos três netos, Rosalina, de 13 anos, Angelina, de 10, e Asélia, de 7 desde que a mãe morreu há cinco anos.

EMERGÊNCIA

emergency in mozambique

Maria Conforme, de 23 anos, está a tentar preparar os planos de aula enquanto o filho Júnior, de 2 anos, procura chamar a sua atenção. Os planos detalhados estão organizados em tabelas, em folhas de papel espalhadas numa esteira grande estendida no chão da sua casa de um quarto, contendo apenas algumas cadeiras de plástico e recipientes de água.

NÚMEROS E CONCLUSÃO

child protection unicef mozambique

“As crianças enfrentaram tantas dificuldades nas suas vidas; algumas foram vítimas de abuso, outras abandonadas, mas apesar dos seus traumas, elas brincaram e riram connosco. Isso comoveu-me” — Shelsia, 14.