Agência para o Desenvolvimento Internacional financia a promoção do aprovisionamento de água e saneamento a comunidades em zonas rurais

Agência para o Desenvolvimento Internacional financia a promoção do aprovisionamento de água e saneamento a comunidades em zonas rurais

O Governo da Islândia através da sua Agência para o Desenvolvimento Internacional (ICEIDA) está a financiar a promoção do aprovisionamento de água e saneamento a comunidades situadas em zonas rurais num total de US $ 3,5 milhões para um período de 3 anos.

Claudio Fauvrelle
Partilhar

Maputo - O Governo da Islândia através da sua Agência para o Desenvolvimento Internacional (ICEIDA) está a financiar a promoção do aprovisionamento de água e saneamento a comunidades situadas em zonas rurais num total de US $ 3,5 milhões para um período de 3 anos. Estes fundos serão canalizados através do Fundo das Nações Unidas para a Infância (UNICEF) para melhorar a vida de crianças em toda a província da Zambézia, proporcionando o acesso permanente e muito necessária de infraestruturas de saneamento e fontes de água melhoradas.

Agência para o Desenvolvimento Internacional financia a promoção do aprovisionamento de água e saneamento a comunidades em zonas rurais
O acesso à água e saneamento como necessidades básicas é reconhecido como um direito humano. © UNICEF/MOZA2014-00121/Alexandre Marques

"O acesso à água e saneamento como necessidades básicas é reconhecido como um direito humano. É também um facto aceite que a água está intimamente ligada ao crescimento económico e desenvolvimento. Por isso, acredito que o apoio a este programa que de facto tem um impacto multi-sectorial (educação, saúde, meio ambiente e igualdade de género) levará a uma mudança positiva visível beneficiando aos distritos na Zambézia" diz a Sra.Thordis Sigurdardottir, Chefe da Missão da ICEIDA.

Apenas 6 por cento de 4,7 milhões da população da Zambézia tem acesso ao saneamento melhorado, e apenas 26 por cento tem acesso à água potável. O programa coloca a tónica no saneamento, dado que a cobertura deste é muito baixa nas áreas rurais. No entanto, como as famílias precisam de um suprimento adequado de água para garantir a higiene adequada, as comunidades visadas irão beneficiar de promoção de higiene e saneamento, bem como o fornecimento de água potável.

O financiamento da Islândia contribuirá para o programa conjunto entre o Governo de Moçambique e o UNICEF orçado em 8,1 milhões dólares americanos ao longo de 3 anos. O programa vai abranger 300 mil pessoas com infraestruturas de saneamento adequadas, 48.000 pessoas com fontes de água melhoradas, e 14.000 alunos com melhores infraestruturas de água e saneamento em 40 escolas na província da Zambézia, principalmente nas zonas rurais.

"Graças a esses recursos, vamos desenvolver modelos custo-benefício e sustentáveis para aumentar o acesso das comunidades rurais aos serviços de água e saneamento e capacitar as instituições provinciais e distritais para gerir os programas", diz o Representante do UNICEF Dr. Koenraad Vanormelingen. "As crianças na Zambézia precisam deste investimento e que irá contribuir para a sua melhoria na sobrevivência e desenvolvimento, que se torna ainda mais importante neste momento de recuperação do impacto das cheias que devastaram consideráveis distritos desta província e outros distritos no país.”

O programa, parte integrante do PRONASAR (Programa Nacional de Saneamento Rural),  irá inicialmente cobrir os distritos do Gúruè e do Gilé com investimentos em infraestruturas de água, saneamento e higiene e para a capacitação institucional, e será expandido para mais três distritos.


 

Para mais informações, favor contactar:

Gabriel Pereira
Tel +258 21 481 181
email: maputo@unicef.org

Subscrever ao boletim

água e saneamento a comunidades em zonas rurais

Doar

As crianças de Moçambique precisam da sua ajuda. Chegou a sua vez de ajudar. Faça uma doação.

PARTILHAR

Partilha esta informação com teu amigos e familiares, e vamos ajudar mais pessoas a ficarem juntos pelas crianças de Moçambique.

NOSSO TRABALHO

Aprenda mais sobre o trabalho do UNICEF em Moçambique.